Eu sei quem você é

http://1.bp.blogspot.com/_VVglp4sEO4Y/S0HLsV54U6I/AAAAAAAAEdA/NrMKeuTtbK4/s400/Cora%C3%A7%C3%A3o+com+m%C3%A3os.jpg

Todas as manhãs um senhor idoso pegava aquele ônibus lotado e descia em frente à uma clínica.

Certo dia, uma moça que sempre o observava, perguntou-lhe: – O senhor trabalha nesta clínica?

- Não, respondeu ele, minha esposa está internada aí. Ela tem o mal de Alzheimer.

- Puxa, lamento muito. E como ela está?

- Não está muito bem. Está com a memória bastante prejudicada. Já nem me reconhece mais.

- Mesmo assim o senhor enfrenta este ônibus lotado todos os dias, somente para vim visitá-la?

- Sim!

- Mas, se ela já não o reconhece mais, nem se lembra das coisas, porque o senhor vem todos os dias?

- Ela já não sabe quem eu sou, mas eu sei quem ela é. Ela não se lembra mais das coisas, mas eu jamais me esquecerei dela.

O amor nunca desanima, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.
I Coríntios 13.7

Desculpe, foi engano

http://www.vozesdapaz.com.br/mensagens/wp-content/uploads/2016/05/jesus-a-la-puerta-231x300.jpg

Era uma vez um rapaz que tinha muitos problemas.

Constantemente, em suas orações, ele pedia que Jesus viesse visitá-lo no seu sofrimento.

Um dia, Jesus bateu a sua porta, ele maravilhado, convidou-o a entrar, e Jesus sentou-se no sofá da sala.

Na mesinha de centro encontrava-se uma Bíblia aberta no Salmo 91.

Numa das paredes estava pendurado um bordado com o Salmo 23 e na outra um quadro da santa ceia.

- Senhor Jesus, disse o jovem, em primeiro lugar gostaria de dizer que é uma honra recebê-lo em minha casa, conforme o Senhor deve saber, estou passando por algumas dificuldades e preciso muito da Sua ajuda…

- Filho, interrompeu Jesus, antes de conversarmos sobre os seus pedidos, gostaria de conhecer sua casa. Onde é o lugar que você dorme?

No mesmo instante o rapaz se lembrou que guardava, no quarto, umas revistas terríveis e se apressou em dar uma desculpa:

- Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!

- Bem, disse Jesus, e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?

O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele não gostaria que Jesus visse.

- Senhor, desculpe, mas prefiro que não, respondeu o rapaz, a minha cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecê-lo.

Neste instante, um barulho forte interrompe a conversa. Pam, pam, pam…! Era alguém que batia furiosamente na porta, o rapaz se levantou, assustado, e foi ver quem era. Abriu a porta meio desconfiado, e viu que era o diabo.

- Sai da frente que eu quero entrar!, gritou o tentador.

- De jeito nenhum, respondeu o rapaz, e assim começou a briga. Com muita dificuldade o homem conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta.

Cansado, o rapaz voltou para sala e continuou:

- Então, Jesus, disse ele, como eu estava falando com o Senhor, estou precisando de tantas coisas…

Mas, outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da janela do quarto.

O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, novamente, com o diabo:

- Agora não tem jeito, eu vou entrar!, disse o inimigo.

Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela.

- Senhor, disse ele, desculpe a interrupção, conforme lhe dizia…

Outra vez, dos fundos da casa, se ouvia tamanho barulho como se alguém quisesse arrombar a porta, era novamente o diabo:

- Eu quero entrar!

O rapaz, já exausto, lutou com ele e conseguiu mantê-lo do lado de fora.

Ao voltar, contrariado, disse a Jesus:

- Eu não entendo. O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?

- Sabe o que é meu filho, explicou Jesus, é que na sua casa você só me deu a sala.

O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e fez uma faxina na casa para entregá-la aos cuidados do Senhor.

Neste instante, o diabo bateu mais uma vez à porta. O rapaz olhou para Jesus sem entender, e o Senhor disse:

- Deixa que eu vou atender.

Quando o diabo viu que era Jesus, que atendia a porta, disse:

- Desculpe, foi engano, e sumiu rapidinho.

Muitas vezes, é assim que acontece com o nosso coração. Entregamos a Jesus só uma parte, ficando a outra para o pecado. Claro que temos de lutar constantemente, e nem sempre vencemos, porque a tentação volta. Volta porque nós mesmos a convidamos através dos objetos “sujos” que carregamos, seja na casa, seja na nossa cabeça.

A exemplo de Zaqueu, vamos convidar Jesus para entrar na nossa casa (Cf Lc 19,1-10), mas que ele se sinta bem em todos os cômodos. Maria Santíssima é chamada, na Ladainha, de Casa de Ouro. Nós não conseguiremos chegar a tanto, mas que sejamos pelo menos uma casa de prata, bem purificada, para que Jesus posas visitar e sentir-se bem.

A vida tem a cor que você pinta

https://emiliamaria.files.wordpress.com/2011/02/4078467237_4440bbc939.jpg

Havia, certa vez, dois rapazes irmãos que faziam aniversário no mesmo dia, mas não eram gêmeos.

Um era muito otimista e o outro o contrário: extremamente pessimista.

O pessimista via tudo do lado negativo.

Para ele, todas as coisas tinham defeito.

As pessoas, nem se fala.

Por isso não confiava em ninguém.

Chegou o dia do aniversário dos dois.

O pessimista, ao acordar, encontrou ao lado do seu travesseiro uma caixa de presente.

Abriu, sem muita emoção, e encontrou a chave de um carro 0Km.

Começou então a lamentar: Agora vou ter de tirar carta, fazer documentos e posso sofrer algum acidente...

Isso não é um presente, é uma tortura!

O outro também, quando acordou, viu uma caixa ao seu lado.

Ansiosamente pegou o presente e foi logo abrindo, com um sorriso nos lábios.

Seu coração batia de emoção.

Ao abrir a caixa, encontrou estrume de cavalo.

Imediatamente saiu gritando pela casa afora:

- Ganhei um cavalo! Ganhei um cavalo!

Todas as pessoas e coisas têm dois lados: O lado da sombra e o lado da luz.

Precisamos olhar o lado da luz, não o da sombra.

Se assim fizermos, seremos sempre alegres e transformaremos o asfalto em grama e os prédios numa flor enorme.

Não deixemos o desânimo nos abater, nem a alegria se apagar do nosso rosto.

A vida é da cor que você pinta.

“O meu coração se alegra no Senhor e o meu espírito exulta em Deus, meu Salvador” (Sl 28,7).


Fonte: Pe. Odair Ângelo

O cesto e a água

http://4.bp.blogspot.com/-9xRzm79ckpg/UOD6dqNlpOI/AAAAAAAAA98/uzFF_nbQagU/s1600/cesto+e+junco.jpg

Um discípulo chegou para seu mestre e perguntou:

- Mestre, por que devemos ler e decorar a Palavra de Deus se nós não conseguimos memorizar tudo e com o tempo acabamos esquecendo?

Somos obrigados a constantemente decorar de novo o que já esquecemos.

O mestre não respondeu imediatamente ao seu discípulo.

Ele ficou olhando para o horizonte por alguns minutos e depois ordenou ao discípulo:

- Pegue aquele cesto de junco, desça ate o riacho, encha o cesto de água e traga ate aqui.

O discípulo olhou para o cesto sujo e achou muito estranho a ordem do mestre, as, mesmo assim, obedeceu.

Pegou o cesto, desceu os cem degraus da escadaria do mosteiro ate o riacho, encheu o cesto de água e começou a subir.

Como o cesto era todo cheio de furos, a água foi escorrendo e quando chegou ate o mestre já não restava nada.

O mestre perguntou-lhe:

- Então, meu filho, o que você aprendeu?

O discípulo olhou para o cesto vazio e disse:

- Aprendi que cesto de junco não segura água.

O mestre ordenou-lhe que repetisse o processo.

Quando o discípulo voltou com o cesto vazio novamente, o mestre perguntou-lhe:

- Então, meu filho, e agora, o que você aprendeu?

O discípulo novamente respondeu com sarcasmo:

- Que cesto furado não segura água.

O mestre, então, continuou ordenando que o discípulo repetisse a tarefa.

Depois da décima vez, o discípulo estava desesperadamente exausto de tanto descer e subir as escadarias.

Porém, quando o mestre lhe perguntou de novo:

- Então, meu filho, o que você aprendeu?

O discípulo, olhando pra dentro do cesto, percebeu admirado:

- O cesto está limpo!

Apesar de não segurar a água, a repetição constante de encher o cesto acabou por lavá-lo e deixá-lo limpo.

O mestre por fim, concluiu:

- Não importa que você não consiga decorar todas nas passagens da Bíblia que você lê, o que importa, na verdade, é que, no processo, a sua mente e a sua vida ficam limpas diante de Deus.

O senhor te abençoe te guarde!